Sou mãe !

23:59:00


Agora sim sou mãe, não é que dantes enquanto estava grávida não fosse, mas agora ela esta aqui comigo,é real, posso vê-la, cheira-la, senti-la, ouvi-la.

Foi a pior experiência da minha vida, peço desculpa a todas a mulheres que gostavam de ser mães e não podem e eu estou para aqui a queixar me mas infelizmente é como me sinto.
Foram 8 horas de trabalho de parto em vão, para chegarem ao pé de mim e dizerem me que o melhor para as duas era uma cesariana, mas não conseguiram ver isso antes ? 8 horas de trabalho de parto e 3 tentativas de epidural para nada. Enquanto me levavam para o bloco operatório só chorava. O meu coração estava mil e pedi logo que me dessem anestesia geral porque estava para lá de esgotada. No bloco operatória estavam médicas, enfermeiras, anestesistas e máquinas por todo lado, a sala era enorme, assustadora, enquanto me preparavam e me davam as anestesias só conseguia ouvir o barulho de sacos a abrir e o inóx a bater contra o inóx, tesouras, pinças, bisturi e sabe se lá mais o quê. Acabei por ficar apenas pela epidural e assim fiquei o tempo todo acordada. O anestesista não saiu do meu lado e tivemos o tempo todo a conversar. Não faço ideia de quanto tempo demorou mas a minha filha veio ao mundo pelas 23:27 do dia 12 de Dezembro.

Quando ela chorou não senti o que queira, não fui invadida por um sentimento de felicidade e amor como esperava, olhei para ela 5 segundos e depois levaram na. Chorei. O meu marido não estava ali e agora a minha filha também não. Senti me só.

Os dias a seguir foram como entrar num mundo não real. Como se a vida continua se lá fora e eu ali parada no tempo. Nunca tinha estado internada antes. Foi muito difícil. Tive imensas dores e mal me consegui mexer por causa dos agrafos. Por outro lado a equipa de auxiliares e enfermeiras era fantástica. Sempre ali para nós.

Sai 4 dias depois. Foi um alívio, aliás nessa noite nem preguei olho. Só pensava que tinha que estar bem para sair dali. A primeira coisa que fiz quando cheguei a casa foi tomar banho. Soube me pela vida.

Agora, e quase a fazermos um mês de mãe e filha tudo isto custa menos.
E o amor, ai isso não da para explicar. A minha filha nasceu mas com ela também nasceu uma mãe e é como tivesse feito isto a vida toda. É tão fácil pegar nela, mudar uma fraldar ou acalmar o seu choro.

Foi a pior experiência da minha vida, sim foi, mas é também a melhor sem dúvida. É o amor mais verdadeiro que alguma vez senti.

You Might Also Like

2 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook